Brasileiros estão em 2º lugar no ranking de pedido de descendência sefardita

0
412

A Comunidade Israelita de Lisboa (CIL) é a entidade responsável pela segunda etapa do processo de nacionalidade portuguesa via judeus sefarditas, é ela quem emite o certificado que comprova a descendência dos judeus expulsos da Península Ibérica no período da inquisição.

Desde o Decreto Lei nº 30-A/2015, que concede nacionalidade portuguesa para quem comprova descendência dos judeus sefarditas, a CIL já protocolou quase seis mil pedidos, dos quais cerca de mil ainda estão sobre análise e cinco mil já possuem os certificados. No ranking destes pedidos, o Brasil está em segundo colocado, ficando atrás apenas de Israel.

O Portal Judeus Sefarditas conta com a parceria do escritório Martins Castro (www.martinscastro.pt), que possui um time de advogados especializados no processo de nacionalidade sefardita. 

Na manhã desta segunda-feira (21), a equipe da Martins Castro esteve na instituição (CIL) para dar entrada em novos processos de pedido de certificação de descendência sefardita e acompanhar as análises de requerimentos de seus clientes. 

Segundo o advogado e sócio da Martins Castro, Renato Martins, essas visitas são importantes para manter a boa relação com a entidade. “Para além disso, é nosso dever orientar bem todos os clientes para que não faltem documentos exigidos pela CIL e, desta forma, o tempo de espera da análise documental seja menor”, explica.

Pelo tempo de espera destas análises, observa-se que o volume de pedidos cresceu nos últimos tempos. A boa notícia é que a entidade está reforçando o seu time e, hoje, foram apresentados dois novos colaboradores para a equipe Martins Castro: um português e uma israelita. “Acreditamos que, com esses reforços, o tempo de espera pela emissão dos certificados diminuirá, assim, o processo de nacionalidade correr mais rapidamente”, destaca Martins.

Outras informações:

www.martinscastro.pt

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here