A família Nogueira da Gama

0
119

Dentre as famílias em cuja origem encontramos raízes sefarditas, estão os Nogueira da Gama: uma numerosa e proeminente família que, nos tempos do Brasil colônia, recebeu honrarias e títulos de nobreza a exemplo do Marquês de Baependi, o Barão de Santa Mônica e o Barão de Nogueira da Gama.  

No estado de Minas Gerais, a origem do sobrenome se dá por meio do casamento de Nicolau Antônio Nogueira e Anna Josepha da Gama. O vínculo sefardita dos descentes dessa união se dá através de Nicolau que era filho de Tomé Rodrigues Nogueira do Ó, fundador de Baependi (MG), e de Maria Leme do Prado. Maria, que era natural de São Paulo, era descendente de Antônio Bicudo Carneiro.

VOCÊ PODE COMEÇAR A SUA ÁRVORE GENEALÓGICA.

A descendência dos Nogueira da Gama é tão vasta que terminou por se encontrar com outras famílias em cuja origem também há vínculo sefardita. Um exemplo desse encontro é a união de descendentes dos Nogueiras da Gama com os descendentes do cristão-novo Manuel Paredes da Costa.

É importante destacar que, para além da numerosa descendência que os Nogueira da Gama deixam em Minas Gerais, os descendentes dessa família migraram também para outros Estados do Brasil. Já há documentados ramos dos Nogueira da Gama no Rio Grande do Sul, Bahia, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

No Rio Grande do Sul os Nogueira da Gama unem-se com a família Carneiro da Fontoura. Já no Rio de Janeiro a união se dá com a família Werneck e outras da região do Vale do Paraíba fluminense. Já na Bahia os Nogueira da Gama juntam-se com a família Calmon.

VOCÊ PODE COMEÇAR A SUA ÁRVORE GENEALÓGICA.

No Espírito Santo encontramos a presença de dois ramos da família. Um localizado na região de Linhares e outro na de Alegre e Cachoeiro de Itapemirim. Os Nogueira da Gama tiveram importante papel no desenvolvimento econômico e populacional dessas duas localidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here