Dia Nacional da Imigração Judaica

0
163

Desde 2009, no Brasil, se celebra o Dia Nacional da Imigração Judaica. A data da comemoração é 18 de março e foi criada através de um projeto que deu origem a Lei nº 12.124. Segundo o próprio texto legal a criação desta data comemorativa visa celebrar a contribuição do povo judeu e de seus descendentes para a cultura brasileira.

Segundo a Confederação Israelita do Brasil (Conib), atualmente, o Brasil abriga a segunda maior comunidade judaica da América Latina, ficando atrás apenas da Argentina. Estima-se que atualmente 120.000 judeus vivam no Brasil. 

A imigração judaica no Brasil

A relação dos judeus com o Brasil é antiga. O país foi um dos destinos dos judeus sefarditas que fugiam da perseguição e violência por parte do Estado Português e da Inquisição no final do século XV. Assim, no início do século XVI, a imigração judaica, especialmente no Nordeste brasileiro se fez sentir. 

O Brasil colônia foi então celeiro da primeira comunidade judaica nas Américas. Em Recife, construiu-se a primeira sinagoga do continente Americano. Datada de 1636, ela situa-se na rua Bom Jesus, n. 197, chamada também de Antiga Rua dos Judeus.

Quase dois séculos depois, em 1810, uma nova vaga de judeus apostou no Brasil. Desta vez vindos especialmente da região do Marrocos, estabeleceram-se em especial na hoje cidade de Belém. 

A partir do século XIX até meados do século XX a imigração judaica para o Brasil se intensificou. As regiões Sudeste, Sul e Nordeste foram os principais destinos desses imigrantes vindos da Europa e de países árabes.

Fontes: Museu da História da Inquisição e Confederação Israelita do Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here